26.4.10

Acabou……

Há uns tempos atrás este poema fazia todo o sentido! Achava eu! É lindo dizia eu!

"Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não."
(Sophia de Mello Breyner Andresen)

Agora que tudo acabou! Sinto exactamente o contrário.

Nunca tiraste a máscara, que tão bem me enganou, mas não deixas de ser um cobarde escondido no medo que sentes da vida.

Calaste-te! Quando eu mais precisava que tivesses dito algo, e no final de tudo o que mais fizeste foi calcular tudo ao pormenor e deixas-te um rombo naquilo que alguma vez pensei ter contigo!

Afinal como tantas outras histórias que já tinha ouvido, foi mais uma relação que não resultou, apesar de eu ter investido tanto! Mas é como tudo na vida umas vezes ganha-se outras perde-se!

Desta vez perdemos os dois!

Desculpem-me o desabafo, mas como este haverá provavelmente mais!

Jinhos***** Té

Sem comentários: